Damião elogia mudança de percurso e promete “embolar” na descida

Publicado em: 30/12/2011

Fonte Fellipe Lucena* e André SenderSão Paulo (SP)

O alagoano Damião Ancelmo de Souza aprovou a mudança de percurso da São Silvestre, que a partir deste ano terá uma descida de aproximadamente 2 km antes da linha de chegada. Apontado pela organização da prova como principal favorito entre os brasileiros, ao lado do tricampeão Marílson Gomes dos Santos, ele garante ainda que tomou alguns cuidadosextras para chegar ao pódio em São Paulo.

“O percurso anterior não era tão favorável para mim, porque não sou muito bom em subidas. Descendo, a gente vai embolando até chegar lá embaixo, vai de qualquer jeito mesmo”, brincou o extrovertido corredor, antes de lembrar que não conseguiu atingir seus objetivos na edição de 2010 porque ficou doente às vésperas da prova.

“Atleta vive de detalhes. Tem que ficar atento a qualquer coisa para não se dar mal. Eu não trouxe agasalho no ano passado e sofri com isso. Esse ano eu trouxe bastante para não ter problema nenhum”, contou.

A mudança no trajeto não será empecilho para Damião. Ele garante estar preparado para realizar a tradicional subida da Avenida Brigadeiro Luís Antônio e, em vez de virar na Avenida Paulista como anteriormente, seguir na via em direção à rua Manoel da Nóbrega, chegando à Avenida Pedro Álvares Cabral, com o palco da chegada na praça Túlio Fontoura, em frente ao Obelisco do Ibirapuera. O clima da capital paulista também não assusta mais. Agora, resta tomar cuidados em relação ao fôlego.

“Já ganhei algumas medalhas em provas de São Paulo, mas não costumo me dar bem aqui. É uma cidade com uns 2.500 metros de altura (na verdade, são pouco menos de 800 metros acima do nível do mar), então falta fôlego. Eu sempre venho fazer adaptação um pouco antes dacorrida, mas neste ano não deu tempo. De qualquer forma, acho que estou preparado. Estou treinando há dois meses e espero subir ao pódio, o que eu nunca consegui na São Silvestre”, discursa.

 

 

Deixe seu comentário