Pé de Vento/Caixa tem os melhores brasileiros na São Silvestre

Publicado em: 31/12/2014

 

Giovani dos Santos comemorou muito sua conquista

Giovani dos Santos comemorou muito sua conquista

A Pé de Vento/Caixa teve os melhores brasileiros na Corrida Internacional de São Silvestre, com Giovani dos Santos na prova masculina, terminando em 5º lugar, subindo ao pódio e na feminina com Joziane Cardoso, que chegou na oitava colocação. As duas provas foram vencidas por atletas da Etiópia.

 

Entre as mulheres Joziane acompanhou as rivais no início da prova, mas depois não conseguiu seguir no pelotão das africanas, no fim da prova ela deu tudo para chegar o mais próximo possível e acabou a prova na oitava, sendo a melhor brasileira. A atleta da Pé de Vento/Caixa completou a prova em 53min18s, um pouco mais de dois minutos a frente da vencedora a etíope Ymer Ayalew.

Na prova masculina Giovani dos Santos pelo terceiro ano seguido foi o melhor brasileiro da prova, completando em quinto lugar e subindo ao pódio, com o tempo de 45min22s, apensas 18s atrás do vencedor Dawit Admasu da etiópia. O atleta é melhor brasileiro em corridas de rua da atualidade e mostrou mais uma vez isso, com um fim de prova emocionante.

Giovani dos Santos deixou queniano para trás para cruzar a linha de chegada na quinta colocação

Giovani dos Santos deixou queniano para trás para cruzar a linha de chegada na quinta colocação

O atleta da equipe petropolitana ficou a maior parte da prova no pelotão da frente, mas para o fim da prova o grupo de cinco africanos se distanciou um pouco, mas Giovani, que vinha na sexta colocação, não deixou o ritmo cair e nos metros finais arrancou para superar um queniano e cruzar a linha de chegada na quinta colocação completando o pódio da prova.

O brasileiro dedicou a vitória ao seu sobrinho que faleceu na última sexta-feira “Ainda não pude falar com minha família. Mas foi emocionante porque perdi um sobrinho na sexta-feira e essa quinta colocação dedico a ele. Fiquei muito emocionado. Não pude ir ao velório dele, mas falei que dedicaria a ele. Graças a Deus, consegui dedicar essa colocação a ele. Para mim, é uma vitória”, disse Giovani à Gazeta Esportiva.

Classificação final

Masculino

1: Dawit Admasu (Etiópia) – 45min04s

2: Stanley Koech (Quênia) – 45min05s

3: Fabiano Naasi (Tanzânia) – 45min10s

4: Mark Korir (Quênia) – 45min19s

5: Giovani dos Santos (Brasil) – 45min22s

6: Cybrian Kimurgor Kotut (Quênia) – 45min27s

7: Damião Ancelmo de Souza (Brasil) – 46min10s

8: Joseph Tiophil Panga (Tanzânia) – 46min27s

9: Tariku Bekele (Etiópia) – 46min30s

10: Ederson Vilela Pereira (Brasil) – 46min37s

Feminino

1: Ymer Wude Ayalew (Etiópia) – 50min43s

2: Netsanet Gudeta Kebede (Etiópia) – 50min46s

3: Priscah Jeptoo (Quênia) – 51min29s

4: Feyse Tadese Boru (Etiópia) – 52min31s

5: Delvine Relin Meringor (Quênia) – 52min34s

6: Nancy Jepkosgei Kipron (Quênia) – 52min50s

7: Failuna Abdi Matanga (Tanzânia) – 53min15s

8: Joziane da Silva Cardoso (Brasil) – 53min18s

9: Sueli Pereira da Silva (Brasil) – 53min36s

10: Layesh Tsige Abebaw (Etiópia) – 54min07s

 

Deixe seu comentário